A Intergeracionalidade na Violência por Parceiros Íntimos: Revisão Sistemática

A Intergeracionalidade na Violência por Parceiros Íntimos: Revisão Sistemática
Genre: Dissertação
Autoras: Maria Clarice de Souza, Elza Berger Salema Coelho e Anne Caroline Luz Grüdtner da Silva
View Book Sample

Overview

A violência por parceiro íntimo é um problema global de saúde, que
vitimiza ambos os sexos e não exclui nível social, econômico, religioso
ou cultural específico. Entre os principais desafios para os estudiosos
que buscam compreender e prevenir a violência está a identificação de
fatores relacionados à intergeracionalidade. Esta é entendida como o
repasse, através do conteúdo geracional, de determinados fenômenos
que são transmitidos de uma geração a outra e fazem com que modelos
de relacionamentos violentos se perpetuem. Esta dissertação foi
realizada com objetivo de identificar a natureza da violência praticada e
os métodos utilizados para analisar a intergeracionalidade na violência
por parceiro íntimo, por meio de revisão sistemática de artigos
científicos publicados até maio de 2014 nas bases de dados LILACS,
PsyNET, PubMed e SciELO, sendo selecionados os artigos publicados
sobre a temática, em todos os idiomas. Foram analisadas as
características bibliométricas dos artigos, a amostra, aspectos
metodológicos e a natureza dos atos de violência perpetrados por
parceiros íntimos. Dos artigos selecionados, 18 foram objeto de análise,
os quais abordavam a intergeracionalidade na violência por parceiros
íntimos. Assim, ao estudar a intergeracionalidade na violência por
parceiros íntimos, foram identificados os atos no processo de
perpetuação da violência e ficou claro que a repetição de situações
vivenciadas em gerações passadas transfere o padrão de comportamento
violento. Os principais tipos de estudos foram longitudinais e
transversais e a entrevista foi a técnica mais utilizada. Todos os artigos
evidenciaram aspectos que revelam a intergeracionalidade da violência
perpetrada por parceiro íntimo e os resultados foram expressivos ao
identificar que a exposição à violência na infância é um fator chave para
influenciar na violência por parceiro íntimo na vida adulta. Como
resultado, este trabalho se revela importante, pois foi possível evidenciar
o histórico da intergeracionalidade da violência, a natureza da violência
transmitida com mais frequência e, acima de tudo, pode-se identificar
que, em sua maioria, a violência entre parceiros íntimos é cometida pelo
homem.

Disclosure of Material Connection: Some of the links in the page above are "affiliate links." This means if you click on the link and purchase the item, I will receive an affiliate commission. I am disclosing this in accordance with the Federal Trade Commission's 16 CFR, Part 255: "Guides Concerning the Use of Endorsements and Testimonials in Advertising."
Find A Local Bookstore
,